Fandom

Memória Alfa

Aconteça o que acontecer

660 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Share

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Aconteça o que acontecer
STP2 0.jpg
Série Star Trek: Phase II
Número 0
Título original Come What May
Data de lançamento 16 de janeiro do 2004
Episódios
anterior
seguinte
A primeira vitória

Aconteça o que acontecer é o episódio piloto da série fanon Star Trek: Phase II. Estreou-se em 16 de janeiro do 2004.

Argumento Editar

Data estelar 6010.1. A USS Enterprise (NCC-1701) vem em auxílio duma colónia que foi atacada por uma nave alienígena enorme. No curso das investigações, os sensores detectam outra nave muito menor que a enfrentou e a fez fugir. Quando eles transportam dois membros desta segunda nave a bordo, começam a acontecer estranhas visões do futuro na tripulação da Enterprise.

Resumo detalhado Editar

72px-Portugu%C3%AAs.svg.png

Introdução Editar

Data estelar 6010.1. O episódio começa com a USS Enterprise (NCC-1701) numa base estelar e a sair numa nova missão. O capitão James T. Kirk grava o seu diário dizendo que detesta ter-se encontrado com o almirante deste sector, mas felizmente o encontro foi breve. Fizeram mais da metade da sua missão de 5 anos, Hikaru Sulu está a treinar na Frota Estelar para ser comandante, e Pavel Chekov é temporariamente o chefe de segurança. Fazem mais uma missão, têm de responder um telefonema de auxílio próximo. Nyota Uhura não recebe nenhuma transmissão, e Janice Rand quer dizer algo a Kirk mas ele diz que não é o momento. Vincent DeSalle diz que faltam 17 minutos para a órbita, e Kirk pede a Montgomery Scott mais velocidade. Spock durante uns breves instantes detecta duas naves, e Kirk activa a alerta vermelho. Mas as naves parece que se vão embora, e Uhura detecta uma transmissão desde a colónia. Kirk pede para ver a mensagem no ecrã. Apresenta-se Cal Strickland, director da colónia Primus IV, e diz que tardaron muito tempo em responderem. Kirk pergunta o que é que se passou, e Cal Strickland responde que um objecto disparou ao planeta, mas foram salvos por uma raça chamada Onabi. Kirk oferece-lhes a sua ajuda, mas o director Strickland diz que com os Onabi, não precisarão de ajuda. A mensagem termina, e Kirk ordena descobrir o que se passou e vai-se à sua cabine.

Acto 1 Editar

Data estelar 6011.2. A Enterprise continua a investigação do intruso que tem estado a atacar naves e postos avançados neste sector. Mas receberam pouca informação, e têm de esperar a que os Onabi ou o intruso voltem a aparecer. Spock entra na cabine de Kirk, e observa um hino de «Amazing Grace». Kirk diz que este hino lho deu a sua mãe a ele e a Aurelan ao ir-se para Deneva. Spock decide estudá-lo mais adiante. Kirk e Spock estão a jogar ao xadrez, e Leonard McCoy entra com cerveja romulana. Spock diz que está proibida, e Kirk consegue ganhar Spock. O almirante Leslie contacta com Kirk e diz-lhe que não fez nada com o director Strickland. Kirk quer responder, mas Leslie diz que se não houverem encontrado uma solução, dar-lhes-á uma missão de recolher grão no planeta Sherman. Uhura interrompe a mensagem porque a nave Al Rashid está a ser atacada pelo mesmo intruso, e Kirk activa a alerta vermelho e esquece a mensagem do almirante.

Na ponte, aparece uma nave enorme, e uma nave mais que a faz desaparecer. A Enterprise alcança apanhar a segunda nave com o raio tractor. Scott diz que pode transportar alguém da nave, e vão à sala dos transportadores. Aparece uma criatura sem corpo que se apresenta como Ohn, e Kirk pergunta a McCoy o que é. A criatura ataca a equipa com uma visão duns klingons sem o vírus dos Aumentados, e logo acaba a visão. Kirk apresenta-se, mas uma segunda criatura transporta-se a bordo e resulta ser uma rapariga que parece ter grandes poderes. Kirk diz a Chekov que ponha um campo de força por volta dos transportadores, para levá-la ao calabouço. Uhura e Chekov ficam a vigiar Ohn, e Uhura é atacada pela criatura e Chekov vem ajudá-la, e os dois têm uma visão. Scott encontra no chão inconsciente e chama à enfermaria.

Acto 2 Editar

Data estelar 6012.4. A Al-Rashid foi reparada e continua a sua missão, enquanto Kirk tem a Onabi sob arresto. O capitão Jefferies contacta com Kirk e agradece-lhe a sua ajuda, mas tem pouca informação. Kirk diz que descobrirá o que acontece, o capitão Jefferies desliga a transmissão e a Al-Rashid vai-se embora. Spock diz que o tamanho da nave do intruso é 200 vezes o da Enterprise, e o tamanho da Enterprise é 200 vezes o da nave da Onabi. Também diz que o intruso se calhar é um holograma. McCoy discute com Spock sobre isto e sobre quem interrogará à Onabi, e Kirk decide que a interrogarão os dois. Mas no calabouço, a Onabi escapou-se. Kirk activa a alerta de intruso, põe pela primeira vez a Janice Rand ao mando e vai-se à sua cabine.

Na cabine de Kirk, a Onabi está despida e logo põe-se a dançar como uma Orion. Chekov detecta uma fonte de energia desconhecida desde a cabine de Kirk, entra e dispara com o fáser à Onabi. Ainda que poderia ser mais um truque, parece que a Onabi está inconsciente. McCoy levá-la-á à enfermaría. Ao mesmo tempo, na sala do transportador, a enfermeira Christine Chapel está a curar Scott por um dano leve, e acaba. Scott vai-se embora, e a enfermeira é atacada por Ohn, quem sofre umas visões duma relação com Spock que acaba em casal.

Acto 3 Editar

Data estelar 6013.7. Kirk decide interrogar à Onabi, e ela explica amavelmente que os intrusos são os Borg. Então os motores da nave recebem uma perda de energia para o interior duma nebulosa. A nave vai com a potência auxiliar, e poderão manter o suporte vital durante 3,24 horas. Spock diz que realmente não há perda de energia, e é um truque de Ohn. Kirk decide que Spock faça uma fusão mental com Ohn, e Ohn aceita. Mas Ohn ataca Spock, e Kirk vem tirá-lo e os dois têm umas visões das suas aventuras dos filmes posteriores: a morte de Spock, a sua resurreição, e a morte de Kirk.

Spock e Kirk são acordados pela Onabi, quem parece que escapou. A Onabi não lhes dá respostas claras, e Spock diz que os Borg não são uma ameaça evidente, mas ela e Ohn sim. Então a Onabi enfada-se, e diz que fora há muitas ameaças, como os Breen, os cardassianos, os hirógenos e o Domínio. Logo enfada-se e diz que nada se compara aos Borg. Então o intruso volta e ataca a Enterprise. A Onabi diz a Kirk que espera que superem a prova.

Acto 4 Editar

Na ponte, a Enterprise é atacada pelos Borg. A Onabi está também na ponte. Spock informa que se mantiverem o rumo, entrarão na nebulosa Klaxor, onde os escudos e sensores serão inúteis. Kirk diz que também não funcionarão os escudos dos Borg, e por isso entrarão na nebulosa. Dentro da nebulosa, os Borg atiram cargas de matéria-antimatéria para saberem onde está a Enterprise. A Onabi descúlpase e oferece-lhes a sua ajuda. Kirk aceita, e decide transportá-la de novo à sua nave. Na sala do transportador, a Onabi comunica-se com Ohn, logo dá um beijo a Spock e transporta-se à sua nave com os seus poderes, sem o transportador. Spock volta à ponte, e a Onabi desde a sua nave diz a Kirk que se sairem da nebulosa, encarregar-se-ão eles. Kirk ordena fazê-lo, a Enterprise sai da nebulosa e os Borg seguem-na. A Enterprise atira todas as suas armas, mas não faz efeito. Quando se dispõem a abandonar a nave, a Onabi faz desaparecer aos Borg. Kirk ordena seguir a nave da Onabi, mas desta vez os motores desligaram-se de verdade.

Data estelar 6014.3. A Enterprise continua as reparações dos danos. Ao mesmo tempo, Kirk, Spock e McCoy estão na cabine de Kirk. Spock está a tocar «Amazing Grace», e Kirk diz a McCoy que quase não lembra nada das suas visões. Spock diz que poderia ser que a linha do tempo foi alterada, e McCoy diz que não é momento de fazer piadas. O almirante Leslie chama à Enterprise, e dá-lhe a Kirk a ordem de encontrar-se com duas naves de carga robotizadas que levam grão ao planeta Sherman. Kirk quer-se defender, mas Leslie diz que ainda há mais, e termina o episódio.

72px-Brasil.svg.png

Introdução Editar

Data estelar 6010.1. O episódio começa com a USS Enterprise (NCC-1701) em uma base estelar e saindo em uma nova missão. O capitão James T. Kirk grava seu diário dizendo que detesta se encontrar com o almirante deste setor, mas felizmente o encontro foi breve. Fizeram mais da metade de sua missão de 5 anos, Hikaru Sulu está treinando na Frota Estelar para ser comandante, e Pavel Chekov é temporariamente o chefe de segurança. Fazem mais uma missão, têm que responder uma chamada de auxílio próxima. Nyota Uhura não recebe nenhuma transmissão, e Janice Rand quer dizer algo a Kirk mas ele diz que não é o momento. Vincent DeSalle diz que faltam 17 minutos para a órbita, e Kirk pede a Montgomery Scott mais velocidade. Spock durante uns breves instantes detecta duas naves, e Kirk ativa a alerta vermelho. Mas as naves parece que vão embora, e Uhura detecta uma transmissão desde a colônia. Kirk pede para ver a mensagem na tela. Apresenta-se Cal Strickland, diretor da colônia Primus IV, e diz que demoraram muito tempo em responderem. Kirk pergunta o que aconteceu, e Cal Strickland responde que um objeto disparou ao planeta, mas foram salvos por uma raça chamada Onabi. Kirk oferece pare eles sua ajuda, mas o diretor Strickland diz que com os Onabi, não precisarão de ajuda. A mensagem termina, e Kirk ordena descobrir o que aconteceu e vai pra sua cabine.

Ato 1 Editar

Data estelar 6011.2. A Enterprise continua a investigação do intruso que tem estado atacando naves e postos avançados neste setor. Mas receberam pouca informação, e têm que esperar a que os Onabi ou o intruso voltem a aparecer. Spock entra na cabine de Kirk, e observa um hino de «Amazing Grace». Kirk diz que esse hino foi sua mãe quem deu a ele e a Aurelan ao ir para Deneva. Spock decide estudá-lo mais adiante. Kirk e Spock estão jogando ao xadrez, e Leonard McCoy entra com cerveja romulana. Spock diz que está proibida, e Kirk consegue ganhar Spock. O almirante Leslie contata com Kirk e diz para ele que não fez nada com o diretor Strickland. Kirk quer responder, mas Leslie diz que se não encontrar uma solução, lhes atribuirá uma missão de recolher grão no planeta Sherman. Uhura interrompe a mensagem porque a nave Al Rashid está sendo atacada pelo mesmo intruso, e Kirk ativa a alerta vermelho e esquece a mensagem do almirante.

Na ponte, aparece uma nave enorme, e uma nave mais que a faz desaparecer. A Enterprise consegue apanhar a segunda nave com o raio trator. Scott diz que pode transportar alguém da nave, e vão à sala dos transportadores. Aparece uma criatura sem corpo que é apresentada como Ohn, e Kirk pergunta a McCoy o que é. A criatura ataca a equipe com uma visão de uns klingons sem o vírus dos Aumentados, e depois acaba a visão. Kirk é apresentado, mas uma segunda criatura é transportada a bordo e resulta ser uma garota que parece ter grandes poderes. Kirk diz a Chekov que ponha um campo de força ao redor dos transportadores, para a levar ao calabouço. Uhura e Chekov ficam a vigiar Ohn, e Uhura é atacada pela criatura e Chekov vem para ajudá-la, e os dois têm uma visão. Scott encontra eles no chão inconsciente e chama à enfermaria.

Ato 2 Editar

Data estelar 6012.4. A Al-Rashid foi consertada e continua sua missão, enquanto Kirk tem a Onabi sob detenção. O capitão Jefferies contata com Kirk e agradece sua ajuda, mas tem pouca informação. Kirk diz que descobrirá o que acontece, o capitão Jefferies desliga a transmissão e a Al-Rashid vai embora. Spock diz que o tamanho da nave do intruso é 200 vezes o da Enterprise, e o tamanho da Enterprise é 200 vezes o da nave da Onabi. Também diz que o intruso talvez seja um holograma. McCoy discute com Spock sobre isto e sobre quem interrogará à Onabi, e Kirk decide que a interrogarão os dois. Mas no calabouço, a Onabi se escapou. Kirk ativa a alerta de intruso, põe pela primeira vez Janice Rand ao comando e vai pra sua cabine.

Na cabine de Kirk, a Onabi está nua e depois começa a dançar como uma Orion. Chekov detecta uma fonte de energia desconhecida desde a cabine de Kirk, entra e dispara com o fêiser à Onabi. Embora poderia ser mais um truque, parece que a Onabi está inconsciente. McCoy a levará à enfermaria. Ao mesmo tempo, na sala do transportador, a enfermeira Christine Chapel está curando Scott por um dano leve, e acaba. Scott vai embora, e a enfermeira é atacada por Ohn, quem sofre umas visões de uma relação com Spock que acaba em casal.

Ato 3 Editar

Data estelar 6013.7. Kirk decide interrogar à Onabi, e ela explica amavelmente que os intrusos são os Borg. Então os motores da nave recebem uma perda de energia para o interior de uma nebulosa. A nave vai com a potência auxiliar, e poderão manter o suporte vital durante 3,24 horas. Spock diz que realmente não há perda de energia, e é um truque de Ohn. Kirk decide que Spock faça uma fusão mental com Ohn, e Ohn aceita. Mas Ohn ataca Spock, e Kirk vem para sacá-lo e os dois têm umas visões de suas aventuras dos filmes posteriores: a morte de Spock, sua resurreição, e a morte de Kirk.

Spock e Kirk são despertados pela Onabi, quem parece que escapou. A Onabi não dá respostas claras, e Spock diz que os Borg não são uma ameaça evidente, mas ela e Ohn sim. Então a Onabi fica enfadada, e diz que afora há muitas ameaças, como os Breen, os cardassianos, os hirôgenos e o Domínio. Depois fica enfadada e diz que nada se compara aos Borg. Então o intruso volta e ataca a Enterprise. A Onabi diz a Kirk que espera que superem a prova.

Ato 4 Editar

Na ponte, a Enterprise é atacada pelos Borg. A Onabi está também na ponte. Spock informa que se mantiverem o rumo, entrarão na nebulosa Klaxor, onde os escudos e sensores serão inúteis. Kirk diz que também não funcionarão os escudos dos Borg, e por isso entrarão na nebulosa. Dentro da nebulosa, os Borg lançam cargas de matéria-antimatéria para saberem onde está a Enterprise. A Onabi pede desculpas e oferece sua ajuda. Kirk aceita, e decide transportar ela novamente para sua nave. Na sala do transportador, a Onabi está se comunicando com Ohn, depois dá um beijo a Spock e é transportada para sua nave com seus poderes, sem o transportador. Spock volta à ponte, e a Onabi desde sua nave diz a Kirk que se saírem da nebulosa, se encarregarão eles. Kirk ordena fazê-lo, a Enterprise sai da nebulosa e os Borg seguem a nave. A Enterprise lança todas suas armas, mas não fazem efeito. Quando se dispõem a abandonar a nave, a Onabi faz desaparecer aos Borg. Kirk ordena seguir a nave da Onabi, mas desta vez os motores foram desligados para valer.

Data estelar 6014.3. A Enterprise continua os reparos dos danos. Ao mesmo tempo, Kirk, Spock e McCoy estão na cabine de Kirk. Spock está tocando «Amazing Grace», e Kirk diz a McCoy que quase não lembra nada de suas visões. Spock diz que poderia ser que a linha do tempo foi alterada, e McCoy diz que não é momento de fazer piadas. O almirante Leslie chama à Enterprise, e dá para Kirk a ordem de se encontrar com duas naves de carga robotizadas que levam grão ao planeta Sherman. Kirk quer ser defendido, mas Leslie diz que ainda há mais, e termina o episódio.

Elenco Editar

Principais Editar

Convidados Editar

  • Larry Nemecek como Cal Strickland
  • John Winston como Capitão Jefferies
  • Eddie Paskey como Almirante Leslie
  • Andrea Ajemian como a Onabi
  • Mark Strock como Ohn

Baixadas Editar

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória