FANDOM


USS Enterprise (NCC-1701-F)

A Enterprise F.

A USS Enterprise (NCC-1701-F) é uma nave de Star Trek que esteve operativa no século XXV. É uma nave da Frota Estelar da Federação Unida dos Planetas e uma das naves insígnia da mesma. Foi lançada no ano 2409 sob o comando do capitão Va’Kel Shon. No ano 2412, a nave foi renovada e foi lançada sob o comando do capitão Data (em realidade era o androide B4 com as lembranças do androide original Data).

Capitães da Enterprise Editar

  • Va’Kel Shon
  • Data
  • Elena Jarvis

Tripulação no 2412 Editar

Encontro com a FEF 07 Editar

No ano 2412, data estelar 60450.6, a nave USS Enterprise (NCC-1701-F) encontra-se com uma nave chamada FEF 07, que pertence à secreta Frota Estelar da Federação do século XXI. Uma tripulante da Enterprise, a alferes Miral Paris, tinha estudado esta secreta Frota Estelar da Federação do século XXI. Mas a Miral Paris apercebe-se de que esta FEF 07 vem duma linha do tempo alternativa à sua, uma linha do tempo alterada por um grupo de Sulibans que viajaram ao 2011 e alteraram a história. A Miral Paris e o Data mostram-lhes aos oficiais da FEF 07 o seu futuro alternativo numa linha do tempo onde os Sulibans nunca interferiram no século XXI, que resulta ser a linha do tempo da Enterprise F. Os oficiais do ano 2012 alternativo contam ao Data e à Miral Paris que têm a bordo uma alienígena de origem desconhecido camuflada como humana chamada Érika, que poderia ser perigosa. Esta espécie só tem um sexo, o feminino. Uma característica desta espécie é a regeneração. Normalmente fazem-se passar por habitantes do planeta onde moram, e quando se emparelham com um homem, se ela tem uma filha, o seu corpo torna-se da espécie do homem e perde as lembranças de alienígena, mas a filha que nasce torna-se alienígena e todas as lembranças e a personalidade da mãe são passadas à filha; a mãe regenerou-se na filha e gerou um corpo falso da espécie do pai que segue com ele sem que saiba nada da procedência da sua mulher. Os oficiais da Enterprise F descobrem que a Érika reencarnada numa criança de 12 anos, Annika Caetano, está na Terra do seu tempo e tem previsto planos perversos piores do que os da própria Érika. Resulta que a Érika ficou louca pelo passo dos séculos e quer destruir o universo tal e como o conhecemos e criar um universo sob o seu controlo. Com a ajuda inesperada da Érika, os oficiais de ambas as naves conseguem parar a Annika Caetano porque a Érika faz com que a sua versão do futuro entre num vórtice e deixe de existir. E também com a ajuda da Érika, a FEF 07 volta ao seu tempo e à sua linha do tempo.